Sobre Canecas e CháNunca fui diferente

Sobre Canecas e Chá

Nunca fui diferente que a face da teimosia, não vou prometer nada, ada mais que eu sei que posso dar. Não vou dizer o quanto eu queria te ver, não vou dizer para não te ver se esconder. Mas amor, eu vou estar nos pequenos detalhes como em nossas canecas de chá.

Mesmo sem dizer, o meu amor, vou lhe dar.
Mesmo que tudo acabe, eu sempre vou voltar. Eu não prometi cuidar, mas sempre vou te olhar com ternura, sempre vou estar aqui.

Só te peço uma coisa, não me diga adeus, para que eu possa sempre voltar, enquanto querer, mesmo sem dizer, eu vou estar aqui.

É sobre todos os detalhes que nos fizeram amar, mesmo sem precisar citar o tal do amor.

não me diga adeus, vou voltar.