meu coração ainda bate quando penso em

meu coração ainda bate

quando penso em você

e os meus pulmões ainda respiram esse ar poluído e fúnebre que tem dominado a terra

a tristeza e o luto me invadem a corrente sanguínea e eu juro que penso por um momento que a minha dor não me deixará sobreviver o suficiente, mas cá entre nós: eu vou conseguir

as vezes eu choro no escuro e penso sobre cada dor e baque recente, mas temos que admitir. eu me fiz forte em cada uma das minhas lutas

eu me levantei em cada uma das minhas derrotas

segurei seu peso e te levantei inúmeras vezes nas suas

eu carreguei meu peso e o seu

vou sobreviver.