borboleteca:Jogo-me todos os dias em

borboleteca:

Jogo-me todos os dias em todas essas incertezas do que somos e fomos. 
Jogo-me nos braços que me expulsam sempre que sente que não está no controle. 
Estou me jogando no mar aberto, bem no meio de uma tempestade, mesmo sabendo que vou me afogar. Eu me afogo porque fico de boca aberta ao ver tamanha beleza, sutiliza, me afogo porque não enxergo os perigos escondidos no doce das suas palavras.

Eu vou morrer afogado e eu nem me importo.